Elite Blog

FILTRAR AS CATEGORIAS

DOMÍNIOS DE MARIA ANTONIETA: OS REFÚGIOS DE VERSALHES

13/09/2018

(Foto do site oficial: http://en.chateauversailles.fr/discover/estate/estate-trianon)

Conhecida como os Domínios de Maria Antonieta, esta área de Versalhes foi construída próxima ao palácio principal para se ter mais privacidade e fugir por alguns momentos das cordialidades e etiquetas da corte e se tornou um refúgio especialmente para Maria Antonieta, esposa do rei Luís XVI.

MARIA ANTONIETA


Marie Antoinette Josèphe Jeanne de Habsbourg-Lorraine nasceu em novembro de 1755 e faleceu em outubro de 1793. Conhecida como Maria Antonieta, foi arquiduquesa da Áustria e rainha consorte da França.

Ao 14 anos, em abril de 1770, Maria Antonieta se casou com Luís XVI, então delfim da França. A união foi uma tentativa de estreitar os laços entre a Áustria e a França, inimigos históricos. 

Luis XVI subiu ao trono em maio de 1774, mas Maria Antonieta foi desde o início detestada pela corte francesa. Ela era constantemente ofendida, chamada de L'Autre-chienne (um trocadilho francês das palavras autrichienne, que significa "mulher austríaca" e autre-chienne, que significa "outra cadela"). 

A rainha foi gradualmente ganhando cada vez mais a antipatia do povo e era acusada de esbanjar, de ser promíscua e também de influenciar o rei a favor dos interesses da Áustria. 

Em 1792, Luís foi deposto e a monarquia abolida. Em 1793, a família real foi presa, Luís foi executado na guilhotina e, nove meses após, Maria Antonieta teve o mesmo triste fim, sendo julgada, condenada por traição e guilhotinada em outubro de 1793.

Após sua morte, Maria Antonieta se tornou uma figura histórica e parte importante da cultura francesa, sendo representada em vários livros e filmes, por exemplo. 


OS DOMÍNIOS 

Os domínios de Maria Antonieta são compostos pelo Petit Trianon que contempla imensos jardins e parques que rodeiam todo o terreno, um mini vilarejo com uma mini fazenda, um lago artificial com criação de peixes e o Templo do Amor.

Conheça mais detalhes e descubra porque a rainha passava tanto tempo nesse local!


- Petit Trianon 

Obra do arquiteto real Ange-Jacques Gabriel, o Petit Trianon é uma residência pequena e simples (mas com todo o conforto ao qual os reis tinham direito), bem no coração dos jardins de Versalhes. 

Começou a ser construído em 1762 e foi concluído em 1768. Ele foi originalmente um pedido da Madame de Pompadour, a favorita (como era chamada a amante principal) do rei Luís XIV. 

Após seu casamento com Maria Antonieta, como a rainha não se adaptava à vida na corte, o rei Luis XVI ofereceu o Petit Trianon como um presente a ela, em 1774, ao qual ela desenvolveu um grande apego.

A rainha passava muito tempo na propriedade e fez várias, grandes e importantes reformas nela: ordenou que fossem construídos inúmeros e belíssimos jardins e parques e até mesmo um mini vilarejo e uma mini fazenda, com estábulo, animais e hortas - ela queria sentir como era ter uma vida simples, como as pessoas do campo, bem diferente da que vivia na corte real. 

O local foi totalmente restaurado em 2008, com vários cômodos e peças exatamente como no tempo da rainha, os quais podemos admirar em uma visita.

Confira a seguir algumas imagens externas e internas:



- O “Hamlet da Rainha”


Sob a supervisão de Richard Mique, o Queen's Hamlet foi construído entre os anos de 1783 e 1786. Inspirado na arquitetura rústica e tradicional da região da Normandia, esta é uma pequena vila, que incluía uma sala de jantar, uma sala de bilhar, um salão de beleza, um moinho de vento e uma fábrica de queijos.
Esta construção era dedicada principalmente para a educação dos filhos de Maria Antonieta, mas também servia para passeios e hospedagem de visitantes.
Há também o Queen's Theatre, inaugurado em 1.780. Aqui, a rainha assistia a apresentações privadas e também subia ao palco, uma de suas grandes paixões.

(Imagem extraída site oficial: http://en.chateauversailles.fr/discover/estate/estate-trianon/queen-theatre)

Esta é a única construção que sobreviveu inteiramente intacta e sem sofrer alterações desde o século XVIII. 

- O Templo do Amor


Em sua homenagem, Maria Antonieta ganhou de Luís VXI o “Templo do Amor”, umas das grandes atrações dos jardins do Petit Trianon.
A construção foi finalizada em 1.778, edificada sobre uma pequena ilha nos limites do jardim privativo da propriedade, bem em frente à janela de seu quarto.
É semelhante a um coreto: circular, com 12 colunas coríntias (caracterizada por folhas do tipo acanto na parte superior, com pontas curvadas para fora e precisão de detalhes, expressando luxo e poder), em uma plataforma elevada. 
No centro, encontra-se uma estátua intitulada “Bouchardon”, L’Amour taillant son arc dans la massue d’Hercule  (O amor talha um arco no bordão de Hércules) que representa o arco de Eros que foi talhado utilizando o bastão de madeira que ele havia roubado de Hércules. 
É um cenário belíssimo, digno de muitos registros, principalmente dos românticos e apaixonados. Confira mais imagens:





- Lago e gruta de Apolo


Aqui podemos apreciar um belo lago com peixes e uma gruta artificial com uma estátua de “Apolo servido pelas ninfas”. 
Encoberta pela sombra, a gruta é iluminada apenas por aberturas esculpidas nos cantos e recantos da rocha. 
Uma porta, originalmente protegida por uma treliça de madeira, leva à gruta. Além disso, é possível acessá-la por uma escada escondida no pico do afloramento artificial , permitindo sua ocupação sem que se perceba pelo lado de fora.
Um lugar magnífico para apreciar a vista e aproveitar para relaxar ou mesmo realizar um piquenique! 

- O Mirante


Esta pequena construção em forma octogonal foi concluída em 1781. Localizada em cima de um monte com vista para o lago, ela possui esculturas em baixo relevo que representam as quatro estações, além de quatro portas que se abrem para um belíssimo interior - com pinturas nas paredes e no teto e o chão em mármore. 
O local era utilizado pela rainha no verão como uma lounge.

COMO CHEGAR NOS DOMÍNIOS DE MARIA ANTONIETA
A partir da entrada do palácio de Versalhes é possível ir a pé até estas propriedades, mas a caminhada é longa. 
Para quem está com crianças ou pessoas mais velhas, é possível pegar um trenzinho (ingresso à parte, mas que vale para usar durante a visita inteira) que sai de trás do palácio. Assim, você evita o desgaste do percurso e aproveita melhor o passeio ao chegar. 
Além disso, para acessar o interior do Petit Trianon é necessário adquirir um ingresso à parte. 


VENHA DESCOBRIR OS ENCANTOS DOS REFÚGIOS DA REALEZA DE VERSALHES COM A ELITE TURISMO!
Planeje já seu passeio para conhecer os Domínios de Maria Antonieta em Versalhes e se encante pela beleza da sofisticação e do conforto misturados ao ar bucólico da propriedade! 
A Elite te leva para um passeio privativo completo, com toda a segurança e conforto, com transfer a partir de seu hotel em Paris e assessoria para a compra dos ingressos antecipados, para você e seus acompanhantes aproveitarem melhor seu tempo apreciando as construções e paisagens do local! 

Fonte: Site oficial Palácio de Versalhes

RECEBA AS NOVIDADES!

Preencha o formulário e fique atulizado com as notícias e dicas do Elite Blog, e as novidades e promoções da Elite Turismo.

Contato

Ligando do Brasil

Reserve pelo Whatsapp

+33650174614

+33699661776

Ligando da França

0650174614

0699661776

Ligando da Europa

+33650174614

+33699661776