Elite Blog

FILTRAR AS CATEGORIAS

PRINCIPAIS MUSEUS DE PARIS

03/11/2016
Paris é uma cidade que proporciona aos visitantes uma riqueza cultural inestimável. Com uma extensa lista de cerca de 200 museus, de diferentes tipos e tamanhos, há passeios para agradar a todos os gostos e idades.
Certamente é uma missão impossível conhecer todos estes museus em uma única viagem por isso, para ajudá-lo a organizar o seu roteiro, nós listamos os 7 principais museus da cidade. Desta forma, você poderá escolher quais lhe agradam mais e se organizar para conhecê-los. 

le de la Cité e marca o ponto zero da cidade - local a partir de onde todas as distâncias rodoviárias são medidas.



1. Museu do Louvre

Um dos museus mais conhecidos e importantes do mundo, o Louvre, é certamente parada obrigatória em uma viagem para Paris.
O local foi construído inicialmente por Filipe II no século XII como uma fortaleza para defender Paris de ataques e transformado em um palácio por Carlos V, sendo ao longo dos anos modificado pelos demais reis franceses, tornando-se a residência real no século XIV. No entanto, em agosto de 1793 ele se tornou oficialmente um museu.
Atualmente, é dividido em oito coleções (antiguidades egípcias, esculturas, pinturas, arte islâmica, arte decorativa, gravuras e desenhos, antiguidades orientais e antiguidades gregas, romanas e etruscas), cinco níveis (0, 1 ,2, -1 e -2) e três alas principais (Richelieu, Sully e Denon). Visitar seu incrível acervo é uma belíssima aula de cultura e arte!
O Louvre é a casa da “Monalisa” (Gioconda), a famosa pintura de Leonardo da Vinci, além disso, possui em seu acervo obras de Rembrandt, Goya, Michelangelo, Rafael, Delacroix e Ticiano. Também encontramos no museu a Vênus de Milo, uma belíssima escultura grega, o Escriba Sentado uma antiga escultura egípcia, a coroa de Luís XV, a decoração dos apartamentos de Napoleão III, as fundações da fortaleza medieval da construção, móveis, tapeçarias, porcelanas Limoges, miniaturas, joias deslumbrantes, entre outros.
Por sua magnitude e fama, esse museu merece estar na sua lista. E lembre-se de tirar uma foto da famosa pirâmide de cristal!


INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: Musée du Louvre, 75058 - Paris, França
Metrô: Palais - Royal - Musée du Louvre (Linhas 01 e 07)
Horário de funcionamento: Todos os dias, exceto às terças-feiras, das 9h às 18h e até às 21h45 as quartas e sextas-feiras. Fechado nos feriados de 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 15€ para adultos acima de 25 anos e são gratuitos para menores de 18 anos. Além disso, é gratuito para todos os visitantes, no primeiro domingo de cada mês. O áudio-guia custa 5€ e está disponível em português. 


2. Museu de Orsay

Inaugurado em 1986 pelo presidente Mitterrand, este charmoso museu está situado próximo à margem esquerda do rio Sena em uma antiga estação de trem, proporcionando aos visitantes uma experiência arquitetônica e cultural incrível.
O Museu de Orsay abriga em seu acervo importantes obras de arte de pinturas, esculturas e fotografias produzidas entre os períodos de 1848 a 1914 por mestres do impressionismo, pós-impressionismo e realismo, tais como: Manet, Degas, Monet, Van Gogh, Renoir, Cèzanne, Matisse, Toulouse-Lautrec, Rodin, Delacroix, Pissarro, entre outros.
Sua rica coleção está exposta em três andares: térreo, intermediário e superior. Além disso, é possível ter acesso a sua área externa para admirar uma bela vista do rio Sena e arredores. Vale muito a pena se programar para visitar!


INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: 1 Rue de la Légion d´Honneur, 75007 Paris, França
Metrô: Assemblée Nationale ou Solférino.
Horário de Funcionamento: Aberto de terça a domingo das 9h30 às 18h. Nas quintas-feiras, o museu fica aberto até às 21h45. Fechado às segundas-feiras e nos feriados de 01 de maio e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 12€ para adultos e são gratuitos para menores de 18 anos. Além disso, é gratuito para todos os visitantes, no primeiro domingo de cada mês. O áudio-guia custa 5€, e está disponível em português. 


3. Museu de I’Orangerie

Este pequeno e importante museu está localizado dentro do Jardim de Tuileries, em frente à Praça da Concórdia. Foi construído em 1852 em um espaço onde as laranjas do jardim eram estocadas, por isso possui este nome.
O L’Orangerie é conhecido principalmente por um conjunto de obras de Monet, denominadas “Les Nymphéas”. Expostas em duas salas ovais, as pinturas são inspiradas nos jardins criados pelo pintor em Giverny e são formadas por 22 telas unidas quase que imperceptivelmente para se tornarem oito imensas composições. A maior composição mede 17 metros já a menor mede 6 metros de comprimento e todas elas possuem 2 metros de altura.
As telas foram doadas pelo próprio artista ao governo francês. Ele também orientou como as pinturas deveriam ser expostas e qual deveria ser o local de exposição. Infelizmente o museu foi inaugurado em 1927, um ano após a morte do pintor, que acabou não vendo suas obras instaladas.
O museu também abriga importantes obras impressionistas e pós-impressionistas de artistas como Matisse, Cézanne, Renoar, Mondigliani, Soutine, entre outros.
Portanto, principalmente se você é fã dos trabalhos de Monet, acrescente este museu ao seu roteiro. E uma dica: visite também Giverny para ver ao vivo as inspirações do pintor.


INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: Jardin Tuileries, 75001 Paris, França
Metrô: Concorde (Linhas 1, 8 e 12)
Horário de Funcionamento: Todos os dias, exceto às terças-feiras, das 9h às 18h. Fechado nos feriados de 01 de maio, 14 de Julho e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 9€ para adultos e são gratuitos para menores de 18 anos. Além disso, é gratuito para todos os visitantes, no primeiro domingo do mês. O áudio-guia custa 5€, mas infelizmente não está disponível em português. Os idiomas disponíveis são: espanhol, inglês, alemão, italiano, japonês, chinês e francês.


4. Centro Georges Pompidou

O Centro George Pompidou ou Beaubourg, como é conhecido pelos parisienses, é um colorido e espaçoso centro de artes, projetado pelos arquitetos Renzo Piano, Richard Rogers e Gianfranco Franchini. Em sua construção foram utilizadas por volta de 15 mil toneladas de aço em uma moderna arquitetura com canos e tubos aparentes, sendo cada uma das cores designadas para representar uma função: as azuis para o ar condicionado, os amarelos para os fios elétricos, os verdes para o sistema de água, os vermelhos para os elevadores e o sistema de incêndio, já o transparente para as escadas rolantes.
O espaço abriga o Museu Nacional de Arte Moderna, dedicado à exposição de obras de arte moderna e contemporânea, de vários estilos artísticos e artistas renomados: Cubismo (Picasso), Surrealismo (Dalí e Miró) , Fauvismo (Matisse), Expressionismo (Soutine), entre outros. Além disso, possui uma biblioteca pública aberta a todos para pesquisas e consultas. Também foi anexado ao local o Atelier Brancusi, um ambiente que recria as condições de trabalho e expõe algumas obras do artista Constantin Brancusi.
Além das obras permanentes, o centro abriga ótimas exposições temporárias, ou seja, uma oportunidade para voltar várias vezes e descobrir um pouco mais do espaço.
Se não bastasse todas as atrações acima para visitá-lo, a escada rolante que leva ao topo do museu, proporciona uma incrível vista panorâmica de Paris. Uma experiência inesquecível!

INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: Place Georges Pompidou (rue Saint Martin) 75004 Paris, França
Metrô: Rambuteau (linha 11), Hôtel de Ville (linhas 1 e 11) e Châtelet (linhas 1, 4, 7, 11 e 14)
Horário de Funcionamento: Todos os dias, exceto às terças-feiras, das 11h às 22h e até às 23h às quintas-feiras. Já o Atelier Brancusi abre das 14h às 18h e a Biblioteca das 12h às 20h nos dias úteis e das 11h às 20h aos finais de semana. Os espaços não abrem no feriado de 01 de maio.
Preços: Os ingressos custam 14€ para adultos e são gratuitos para menores de 18 anos. Para visitar somente o terraço o ingresso custa 3€. O áudio-guia custa 5€, mas infelizmente não está disponível em português. Os idiomas disponíveis são: espanhol, inglês, japonês e francês.


5. Museu Rodin

Instalado no Hotel Biron - uma belíssima mansão construída em 1732 - é um pequeno e charmoso museu, inaugurado em 1919 e dedicado à exposição das esculturas de Augusto Rodin.
O local foi utilizado pelo escultor como ateliê para a criação de suas obras a partir de 1908 e transformado em museu quando ele propôs ao governo francês a doação total de seu acervo para a criação do Museu Rodin.
Os visitantes podem apreciar em torno de 300 obras, incluindo as três mais famosas: o Beijo, os Portões do Inferno e o Pensador.
Muitas das esculturas estão espalhadas ao ar livre, pelo belíssimo jardim da propriedade, o que torna o passeio ainda mais agradável e rende ótimas fotos, principalmente, se o dia estiver bonito.
Não deixe de fora de sua programação, é uma visita curta e que proporcionará ótimas lembranças.

INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: 77 rue de Varenne, 75007 Paris, França
Metrô: Varenne (linha 13) ou Invalides (linhas 13 e 8)
Horário de Funcionamento: Aberto de terça a domingo das 10h às 17h.45. Fechado às segundas-feiras e nos feriados de 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 10€ para adultos e são gratuitos para menores de 18 anos. O áudio-guia custa 6€, mas infelizmente não está disponível em português. Os idiomas disponíveis são: espanhol, inglês, francês e chinês.


6. O Museu do Exército (Les Invalides)

O Palácio dos Inválidos ou Hotel Nacional dos Inválidos é um belíssimo prédio construído em 1670, local que acolhia os soldados feridos em guerras. Atualmente abriga o Museu do Exército, um dos maiores do mundo sobre arte militar.
No local, os visitantes podem apreciar armas e armaduras de diferentes tipos e épocas, uniformes, documentos, recordações de generais famosos, artilharias pequenas, um espaço dedicado exclusivamente às duas Guerras Mundiais, além de um conjunto exclusivo de itens de Napoleão I e os marechais do Império.
Também é possível visitar a Catedral de Saint-Louis des Invalides, o seu famoso domo e a cúpula dourada que irradia a luz do sol. É na cripta da igreja que se encontra o túmulo de Napoleão I, de seus dois irmãos Joseph e Jérome e de seu filho conhecido com o Filhote de Águia. No local, também estão enterrados corpos de outros generais de guerra e de Marceau R. Lisle, o compositor do hino nacional francês.
Visita imperdível para quem é amante de histórias de guerras e de Napoleão, o ilustre imperador francês! Ah, e aproveite a visita para conhecer o Museu de Rodin que está bem ao lado do complexo Les Invalides. Do local também é possível admirar a belíssima Torre Eiffel, que está bem em frente.


INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: 129 Rue de Grenelle, 75007 Paris, França
Metrô: Varenne (linha 13) ou Invalides (linhas 13 e 8)
Horário de Funcionamento: Todos os dias. De abril a outubro das 10h às 18h e de novembro a março das 10h às 17h. Fechado parcialmente na primeira segunda-feira do mês e totalmente fechado nos feriados de 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 11€ para adultos e são grátis para menores de 18 anos. O áudio-guia custa 6€, mas infelizmente não está disponível em português. Os idiomas disponíveis são: espanhol, inglês, francês, italiano, alemão, russo, mandarim e japonês.


7. Museu Picasso 

O Museu Picasso está localizado em um palácio encantador, construído em 1659: o Hotel Salé. O local se tornou um museu dedicado ao pintor em 1985, com a restauração e adaptação da construção para a exposição das obras. Permaneceu fechado por quase cinco anos para reformas e reabriu em outubro de 2014.
Hoje, o museu abriga um total de 4.755 obras do artista espanhol - 4.090 criações gráficas, 297 pinturas e 368 esculturas. Além disso, possui em exposição 46 obras da coleção particular do pintor, constituída de nomes como: Modigliani, Miró, Matisse, Renoir, Cézanne, Braque entre outros.
O museu possui três andares e um subsolo. No subsolo os visitantes podem entender como eram os ateliês do artista e o seu processo criativo. Do térreo ao segundo andar estão expostas algumas obras do pintor de 1895 a 1972 em ordem cronológica, retratando as fases e evoluções de seu estilo. No terceiro, andar estão expostas as obras dos demais artistas comparando-as com as de Picasso.
Um passeio imperdível para os amantes de artes, do cubismo, realismo e claro, para os fãs do pintor!


INFORMAÇÕES GERAIS

Endereço: 5 rue de Thorigny 75003 Paris, França
Metrô: Saint-Paul (linha 01). Saint-Sébastien-Froissart e Chemin Vert (linha 08).
Horário de Funcionamento: Aberto de terça a sexta das 10h30 às 18h e aos sábados e domingos das 09h30 às 18h. Fechado às segundas-feiras e nos feriados de 01 de janeiro, 01 de maio e 25 de dezembro.
Preços: Os ingressos custam 12,5€ para adultos e são gratuitos para menores de 18 anos. Além disso, é gratuito para todos os visitantes, no primeiro domingo de cada mês. O áudio-guia custa 4€, mas infelizmente não está disponível em português. Os idiomas disponíveis são: espanhol, inglês e francês.

E, agora que você já escolheu quais são os lugares que deseja visitar, entre em contato com a Elite Turismo para planejarmos um roteiro exclusivo e personalizado para você e seus acompanhantes.
Nós realizamos a compra de todos os ingressos antecipadamente, assim ao chegar no local você não precisará enfrentar as filas de espera e nem correr o risco dos bilhetes esgotarem. Além disso, nos deslocamentos entre um local e o outro, colocamos à sua disposição profissionais bilíngues (português – francês), experientes e atenciosos, para transportá-los em nossos carros de luxo, equipados com ar condicionado, aquecimento, wi-fi e telefone para ligações gratuitas para fixos no Brasil, com muita segurança e conforto. Venha aproveitar o melhor de Paris com a gente!

RECEBA AS NOVIDADES!

Preencha o formulário e fique atulizado com as notícias e dicas do Elite Blog, e as novidades e promoções da Elite Turismo.

Contato

Ligando do Brasil

Reserve pelo Whatsapp

+33650174614

+33699661776

Ligando da França

0650174614

0699661776

Ligando da Europa

+33650174614

+33699661776